Links de Acesso

Desvio milionário no Fundo de Desenvolvimento Agrário em julgamento em Maputo

  • Redacção VOA

Valor desviado chegou a 170 milhões de meticais

Vinte e sete arguidos, entre eles a antigo presidente do FDA são acusados de desviarem 2,7 milhões de dólares

Começou nesta terça-feira, 12, em Maputo, o julgamento de 27 arguidos, incluindo a ex-presidente do Fundo de Desenvolvimento Agrário (FDA), Setina Titosse, acusados de corrupção.

A Procuradoria-Geral da República acusa-os do desvio de 170 milhões de meticais (cerca de 2,7milhões de dólares), abuso de cargo ou função, tráfico de influência, branqueamento de capitais, burla por defraudação, entre outros crimes.

Em ligação com o caso, investigado pelo Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC), as autoridades judiciais apreenderam dez imóveis, incluindo dois na zona turística de Bilene, sete viaturas, gado bovino e dinheiro.

A antiga presidente do FDA, Setina Titosse, segundo a PGR, terá forjado projectos agropecuários, simulando o desembolso de dinheiro para financiar os mesmos, mas o dinheiro terá sido desviado para compra de gado e para a própria gestora.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG