Links de Acesso

Deputado angolano, Manuel Rabelais, impedido de sair do país


Manuel Rabelais, deputado angolano

Manuel Rabelais é investigado pela PGR

O deputado e antigo ministro da Comunicação Social de Angola, Manuel António Rabelais, foi impedido de sair do país na quinta-feira, 24, quando se preparava para embarcar no voo DT 652 com destino a Lisboa, Portugal.

O Jornal de Angola, que traz a notícia na sua primeira página, revela que Rabelais não tinha autorização do presidente da Assembleia Nacional para deixar o país e que, segundo as suas fontes, o deputado terá sido notificado pela Procuradoria Geral da República (PGR) para, na próxima terça-feira, prestar declarações àquele órgão de Justiça.

Inquérito na PGR

A 10 de Agosto, a PGR informou que Rabelais, também antigo assessor do ex-Presidente da República, estava a ser investigado sem dar muitos detalhes.

O porta-voz do órgão, Álvaro João, limitou-se a dizer na altura que deu o inquérito estava concluída mas em " segredo de Justiça”.

Veja também:

PGR investiga magistrado que se envolver em conflitos com cidadãos

General Correia Neto e Tchizé dos Santos em fogo cruzado

Banqueiros portugueses condenados por empréstimo ao BES Angola

Mães denunciam "gasosa" para acesso a vagas no sistema de ensino em Angola

Gestores do Hospital Materno-Infantil de Malanje detidos por corrupção

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG