Links de Acesso

COVID-19: Presidente chinês promete compartilhar vacina e dois mil milhões de dólares em ajuda


Xi Jinping fala à assembleia geral da OMS

O Presidente da China prometeu compartilhar uma eventual vacina contra o novo coronavírus e alocar dois mil milhões de dólares para a luta global contra a pandemia.

Numa mensagem em vídeo transmitida em Genebra nesta segunda-feira, 18, na 73ª Assembleia Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) Xi Jinping garantiu também ser a favor de uma "avaliação completa" e "imparcial" da resposta global à Covid-19, depois do fim da pandemia.

A assembleia da OMS deve discutir uma resolução promovida pela União Europeia que exije uma "avaliação imparcial, independente e abrangente" da resposta internacional à crise do coronavírus.

O ministério das Relações Exteriores da China informou ter dado ordem aos seus diplomatas que votem a favor da proposta.

Antes, na abertura da reunião, o secretário-geral da ONU, António Guterres, afimou que a adoção de estratégias diferentes no combate à pandemia da Covid-19 vai custar um “preço alto” e criticou os governos que ignoraram as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

"Como resultado, o vírus se espalhou pelo mundo e agora se dirige para países do sul, onde pode ter efeitos ainda mais devastadores, e corremos o risco de novos picos e novas ondas", disse Guterres.

“Esta pandemia é uma tragédia”, reiterou o secretário-geral, para quem "temos assistido a uma grande solidariedade, mas pouca união na resposta".

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG