Links de Acesso

Capacetes Azuis deixam Somália dentro de um mês

  • Redacção VOA

Capacetes azuis ugandeses em Mogadíscio

Francisco Madeira, chefe da missão, diz que as movimentações já começaram

Os capacetes azuis da União Africana vão começar a retirar da Somália no próximo mês, informou o chefe da missão no país.

Francisco Madeira disse em conferência de imprensa em Mogasdíscio que os mil soldados dos cinco países que contribuíram com tropas, como o Uganda, Burundi, Etiópia, Quénia e Djibouti – vão sair da Somália.

Segundo Madeira, como resultado dessa decisão, as movimentações das tropas já começaram em diferentes partes do país e vão continuar nas próximas semanas.

Madeira diz que este é um processo de realinhamento para pôr em efeito a redução das tropas e passar a responsabilidade da segurança nacional às forças somalis.

Membros da missão da União Africana, conhecida como AMISOM, já tinham alertado há mais de um ano que iriam tirar as tropas da Somália. A AMISOM tem ajudado os governos somalis na batalha contra o grupo militante al-Shabab desde 2007.

Madeira disse ainda que a retirada será feita com cautela para garantir que a segurança do povo Somali não seja comprometida.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG