Links de Acesso

CAN 2021: Com 14 jogadores vítimas de intoxicação alimentar, técnico cabo-verdiano não sabe com quem contar


Pedro Brito “Bubista” (esq), seleccionador da equipa de futebol de Cabo Verde, dirige treino, 3 Janeiro 2022

"Tubarões Azuis" defrontam Senegal nesta terça-feira

A menos horas do jogo contra o Senegal para os oitavos-de-final do Campeonato Africano de Nações (CAN) 2021, o seleccionador de Cabo Verde não sabe com quais jogadores poderá contar nesta terça-feira, 25, em virtude de 14 deles terem sofrido uma gastroenterite por intoxicação alimentar no domingo.

Quatro outros membros da delegação também tiveram gastroenterite.

Situação semelhante foi enfrentada pela selecção da Gâmbia que está no mesmo hotel dos cabo-verdianos e que hoje carimbou o seu passaporte aos quartos-de-final ante a Guiné-Conacri (0-1).

O seleccionador Pedro Brito “Bubista” lamentou a situação e disse que “talvez só até à hora do jogo” saberá quais os jogadores disponíveis.

Embora todos os jogadores, à excepção do guarda-redes suplente, Élber Évora, tenham treinado na segunda-feira, muitos com limitações, Bubista comentou que será obrigado a mexer na equipa.

“Tinha já uma ideia na cabeça, mas vamos ter de alterar devido a esta situação porque há jogadores desidratados”, afirmou o técnico cabo-verdiano em declarações à Televisão de Cabo Verde, acrescentando que “situações como lances de bola parada que tínhamos treinado e que agora seremos obrigados a mudar”.

No entanto, ele acredita que a resiliência dos cabo-verdianos falará mais alto e “todos estamos empenhados em fazer um bom jogo e seguir em frente”.

Além do encontro entre os “Tubarões Azuis” e os “Leões de Teranga”, jogam nesta terça-feira Marrocos e Malawi.

Nesta segunda-feira, a equipa da casa, Camarões, teve de empenhar-se a fundo para vencer a estreante Comores que “vendeu” cara a sua eliminação por 2 a 1.

Gâmbia, que derrotou a Guiné-Conacri, defronta os Camarões nos quartos-de-final no dia 29.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG