Links de Acesso

Cai número de refugiados da RDC em Angola

  • Redacção VOA

Refugiados no centro de Mussungue, Angola

Cáritas de Angola reforça "trabalho espiritual"

As autoridades angolanas afirmam que a entrada de refugiados provenientes da República Democrática do Congo (RDC) tem vindo a diminuir nas últimas semanas.

A informação foi revelada pelo porta-voz da Comissão Multissectorial de Apoio aos Refugiados da RDC.

Entrada de refugidos em Angola dominui-2:20
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:20 0:00

Marcelino Caetano indicou ainda que 643 cidadãos terão saído “de forma voluntária”, dos dois campos de acolhimento da Lunda Norte, nos últimos dias com regresso à RDC.

Entretanto, o pároco da Sé Catedral do Dundo, António Muyamba Makoco, alerta que, apesar dessa diminuição, o trabalho de assistência aos necessitados, particularmente os doentes, continua e anuncia a ida a Angola de uma missão de bispos da RDC em missão de assistência espiritual.

O sacerdote considera que o trabalho de assistência da Cáritas de Angola continua a ser fundamental por contribuir para a estabilidade emocional e espiritual dos refugiados, muitos dos quais acolhidos por familiares angolanos.

Angola acolheu, desde finais de Março, mais de 30 mil refugiados, que fugiam à guerra civil na região do Kassai, estando as autoridades angolanas a construir um novo campo para acolhimento definitivo na região doLóvua, para onde deverão ser encaminhados a partir de 23 de Julho.

Refugiados da RDC na Lunda têm apoio da Cáritas de Malanje
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:27 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG