Links de Acesso

Barragem de Laúca inicia testes

  • Isaías Soares

a Lauca turbina

Energia poderá começar a ser produzida a 21 de Julho.

Os testes com água nas turbinas e com tensão eléctrica no ramal Laúca-Capanda já iniciaram para garantir a geração de energia a partir de 21 de Julho deste ano.

O director do projecto, Elias Daniel Esteves confirmou a realização no final de semana dos primeiros ensaios na linha Laúca-Capanda.

“No dia 31 deste mês vamos iniciar os testes da subestação já sob tensão, isso significa que o sistema estará apto para escoar energia para os centros consumidores”, disse, precisando que “a capacidade de uma unidade geradora de Laúca são 334 megawatts, ou seja é o que nós vamos produzir a partir do dia 21 de Julho”.

A albufeira de Laúca com 188 quilómetros quadrados ainda não atingiu a elevação de 830 mil metros cúbicos devido à a fraca pluviosidade nos últimos meses.

Os últimos dados indicam que a quota é de 804 mil metros cúbicos, mas não inviabiliza o fornecimento de energia comercial na data prevista.

O engenheiro Elias Esteves disse que a geração de energia vai iniciar com cargas na ordem de 70 por cento da capacidade do primeiro grupo gerador.

“Não vamos gerar na carga máxima (...) estando a gerar na carga máxima, isso fazia com que pressionássemos o reservatório”, disse.

A construção e montagem dos equipamentos ocorrem em paralelo com a formação dos operadores.

Os primeiros 84 operadores de manutenção e operação de centrais hidroeléctricas terminaram curso que durou oito meses.

A hidroeléctrica de Laúca, localizada no município de Cacuso, 164 quilómetros a oeste de Malanje, está projectada para produzir 2.070 megawatts de electricidade, a partir de seis turbinas de 334 megawatts cada, em duas centrais.

A unidade principal vai produzir 2.004 megawatts, enquanto a ecológica com capacidade para gerar 67 megawatts deverá entrar em actividade em 2018.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG