Links de Acesso

Autoridades da RDC proíbem manifestação em Kinshasa


Patrulha policial em Kinshasa

Protesto tinha sido convocado pela Igerja Católica

Na República Democrática do Congo as autoridades proibiram uma manifestação organizada por igrejas católicas e prevista para amanhã em Kinshasa.

A manifestação tinha sido convocada por cerca de 150 igrejas católicas para protestar contra a permanência no poder do presidente Joseph Kabila.

Entretanto um porta-voz militar disse que foi preso o chefe de uma aldeia que se pensa ter ordenado o assassinato em Março de dois peritos da ONU.

Os dois peritos de nacionalidade sueca e americana estavam a investigar a presença de valas comuns na região do Kasai

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG