Links de Acesso

Ameaças de bomba obrigam à evacuação de 10 mil pessoas em Moscovo

  • Redacção VOA

Moscovo

Autoridades russas dizem que muitas das chamadas têm origem na Ucrânia

Mais de 10 mil pessoas foram retiradas de vários edifícios em Moscovo, entre eles universidades e estações de comboios, nesta quarta-feira, depois de várias ameaças de bomba.

A agência de notícias russa TAS, que cita fontes das forças de segurança, revelou mais de duas dezenas de edifícios terão tido ordem de evacuação devido a várias ameaças em simultâneo.

Ontem, 22 cidades russas foram alvo de ameaças e 45 mil pessoas foram evacuadas.

De acordo com a mesma agência, as autoridades russas disseram que muitas dessas chamadas serão originárias da Ucrânia.

O Governo russo ainda não se pronunciou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG