Links de Acesso

Ameaças de bomba obrigam à evacuação de 10 mil pessoas em Moscovo


Moscovo

Autoridades russas dizem que muitas das chamadas têm origem na Ucrânia

Mais de 10 mil pessoas foram retiradas de vários edifícios em Moscovo, entre eles universidades e estações de comboios, nesta quarta-feira, depois de várias ameaças de bomba.

A agência de notícias russa TAS, que cita fontes das forças de segurança, revelou mais de duas dezenas de edifícios terão tido ordem de evacuação devido a várias ameaças em simultâneo.

Ontem, 22 cidades russas foram alvo de ameaças e 45 mil pessoas foram evacuadas.

De acordo com a mesma agência, as autoridades russas disseram que muitas dessas chamadas serão originárias da Ucrânia.

O Governo russo ainda não se pronunciou.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG