Links de Acesso

Activistas realizam vigílias em Luanda em solidariedade para com detidos em Cabinda


Laurinda Gouveia, uma das promotores das vigílias, diz que as prisões são políticas

Vários activistas em Luanda realizam nos dias 22 e 23 duas vigílias em solidariedade para com os 77 activistas presos em Cabinda.

Vigilia em Luanda a favor de activistas detidos em Cabinda - 2:04
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:04 0:00

A comunicação das vigílias foi já endereçada ao Governo Provincial de Luanda que, segundo os promotores, não colocou qualquer impedimento.

A activista Laurinda Gouveia, uma das organizadoras da vigília que arranca na sexta-feira, às 18 horas no Largo Primeiro de Maio, é um acto de repúdio pela prisão dos activistas que é de carácter político.

“O Governador de Cabinda disse que vai governar sem manifestações, só isso dá para perceber que a detenção é mais política do que jurídica, por isso acreditamos que só protestos poderão reverter as detenções injustas que acontecem em Cabinda”, disse a activista.

Gouveia apela à participação de todos na vigília e acrescenta que serão lavadas a cabo “outras actividades de protestos a favor dos activistas”.

Detidos quando se preparavam para marchar por ocasião de mais um aniversário do Tratado de Simulambuco, a 1 de Fevereiro, muitos activistas estraramna segunda semana de protesto pelas prisões que consideram ilegais.

Um dos advogados dos activistas, Arão Tempo, disse à VOA que “estão muito debilitados fisicamente e dois deles já desmaiaram”.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG