segunda-feira, 15 setembro, 2014. 02:00 UTC

Notícias / Moçambique

Amnistia Internacional: "Milhares de moçambicanos detidos sem culpa formada"

“O acesso à justiça em Moçambique é sistematicamente negado aqueles que não têm dinheiro”, diz a Amnistia Internacional.

William Mapote
A organizaçãode defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional voltou este ano a denunciar o mau funcionamento da justiça moçambicana.

No seu relatório Intitulado” Aprisionando os meus direitos: prisão e detenção arbitrária e tratamento dos reclusos em Moçambique”, a Amnistia Internacional fala de casos de milhares de moçambicanos detidos sem culpa formada, alguns dos quais, chegando a permanecer em cârcere durante anos sem acesso a um advogado.


Num dos casos de realçe do relatório deste ano, a Amnistia relata o caso de um cidadão que esteve detido durante 12 anos numa cadeia de máxima segurança sem nunca ter sido julgado.

A ministra da justiça, disse numa entrevista recente, que apesar da prevalência de casos notáveis, há alguns avanços que o país está a registar.

O relatório hoje divulgado relata problemas que não sendo novos, teimam em continuar, perante uma apatia das autoridades nacionais.

Com vários casos flagrantes, a Amnistia Internacional realça mesmo que “a abordagem aleatória à justiça que se verifica em Moçambique tem feito com que centenas de reclusos se tenham simplesmente “perdido” no sistema, permanecendo a definhar na prisão, sem direitos e sem possibilidade de recorrer à justiça.”

Numa das conclusões de maior destaque, a Amnistia revela mesmo que “o acesso à justiça em Moçambique é sistematicamente negado aos que não têm dinheiro”.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Prostituição infantil em Nairobii
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
13.09.2014 03:03
Na favela de Korogocho, em Nairobi, raparigas com apenas 15 anos de idades dedicam-se à prostituição como meio de ganhar a vida. Elas são o alvo de uma organização não-governamental chamada Iniciativa Miss Koch, que tem realizado o trabalho de resgatar essas menores e com resultados positivos.
Vídeo

Vídeo Prostituição infantil em Nairobi

Na favela de Korogocho, em Nairobi, raparigas com apenas 15 anos de idades dedicam-se à prostituição como meio de ganhar a vida. Elas são o alvo de uma organização não-governamental chamada Iniciativa Miss Koch, que tem realizado o trabalho de resgatar essas menores e com resultados positivos.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 12 Setembro 2014

As noticias de Africa que fazem manchete
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 11 setembro 2014

Noticias da America em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 10 Setembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes americanas 9 Setembro 2014

As notícias da America em vídeo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 9 Setembro 2014

As notícias de África em vídeo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 8 Setembro 2014

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 5 Setembro 2014

O que faz noticia em Africa
Vídeo

Vídeo Chegada de Dhalakama a Maputo

O presidente de Moçambique Armando Guebuza e o líder da Renamo Afonso Dhlakama subscreveram hoje, 5, os documentos que integram o acordo de paz, assinado na semana passada pelo Governo e pelo principal partido da oposição.
Mais Vídeos