segunda-feira, 06 julho, 2015. 17:50 UTC

Moçambique

Moçambique vai construir a barragem de Mpanda Nkuwa sobre o rio Zambeze

A região da África Austral tem um défice energético de 4.840 megawatts e a construção da barragem de Mpanda Nkuwa vai minimizar o défice.

Simião Pongoane
Vai ser a segunda maior barragem hidroelétrica de Moçambique depois de Cahora Bassa, construída no tempo colonial, mas que só em 2007 passou a ser propriedade do estado moçambicano.

O governo moçambicano e a Nova Parceria para Desenvolvimento de África, NEPAD, estão a mobilizar 1841 milhões de euros para a construção da barragem de Mpanda Nkuwa sobre o rio Zambeze.

A nova barragem vai ser construída na província central de Tete até 2016, por sinal na mesma província onde se encontra HCB.

O empreendimento deverá produzir 1.500 megawatts de energia para consumo interno e para países da África Austral e ainda para a redução dos impactos negativos resultantes de mudanças climáticas.


A promoção do projeto está a cargo da companhia Special Purpose Vehicle contratada pelo governo moçambicano para o efeito.

A mesma companhia promove igualmente o projecto CESUL de construção da chamada espinha dorsal de transporte de energia eléctrica Tete-Maputo, avaliado em um bilião e 800 milhões de dólares norte-americanos.

As autoridades moçambicanas dizem que a região da África Austral tem um défice energético de 4.840 megawatts e que por isso a construção da barragem de Mpanda Nkuwa vai minimizar o défice.

Entretanto, o quinto aniversário da reversão da barragem hidroeléctrica de Cahora Bassa para o estado moçambicano foi assinalado esta semana com pompa e circunstância, em cerimónias de Estado que contaram com a participação do Presidente Armando Guebuza.

Os gestores da HCB dizem que a barragem registou no ano passado a maior receita desde a sua construção, sendo que o processo do pagamento a Portugal vai terminar antes do tempo previsto de 10 anos.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
"Crise [económica] que se vive em Angola é artificial", Alcides Sakalai
X
06.07.2015 13:08
Na segunda parte da entrevista à Voz da América, Alcides Sakala acusa o MPLA de ganhar sempre através de fraude. Este dirigente da UNITA afirma também que o dinheiro do Fundo Soberano foi roubado.
Vídeo

Vídeo "Crise [económica] que se vive em Angola é artificial", Alcides Sakala

Na segunda parte da entrevista à Voz da América, Alcides Sakala acusa o MPLA de ganhar sempre através de fraude. Este dirigente da UNITA afirma também que o dinheiro do Fundo Soberano foi roubado.
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #22: "Bifes" entre duas cantoras talentosas, Iggy Azalea e Britney Spears!

E para quem não sabe, P Diddy foi aos BET Awards, mas antes tinha sido preso por "andar à porrada" na universidade do filho! 160 mil dólares foi a fiança
Vídeo

Vídeo Manchetes do Mundo 3 de Julho 2015

AS imagens do mundo em noticia
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 3 Julho 2015

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes do Mundo 1 de Julho 2015

As imagens noticiosa do mundo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 de Julho 2015

ASimagens noticiosas de Africa
Mais Vídeos