sábado, 07 março, 2015. 04:22 UTC

Moçambique

Moçambique: Faculdade de Medicina exige que alunos acabem com greve

Trata-se de meia centena de estudantes já em processo de estágio que decidiram juntar-se aos médicos em exercício solidarizando-se a greve.

William Mapote
Em Moçambique, a Faculdade de Medicina da Universidade Eduardo Mondlane acaba de entrar em cena no diferendo que opõe os médicos e o governo moçambicano.

A faculdade de medicina, apelou aos seus estudantes, em fase de estágios nos hospitais, para que abandonem de imediato a greve sob risco de implicações no seu ano lectivo.


Através de um comunicado da sua direcção, a Faculdade de Medicina, a única que ao nível nacional forma médicos para o Sistema Nacional de Saúde apela os seus estudantes, em fase de estágios nos hospitais, para abandonarem de imediato a greve, e prosseguirem com as aulas práticas nas unidades sanitárias, sob risco de implicações no seu ano lectivo.

Estão neste grupo cerca de meia centena de estudantes já em processo de estágio profissional, que decidiram juntar-se aos médicos em exercício, solidarizando-se a greve.

A Associação Médica considera a decisão da Faculdade de Medicina uma estratégia de alinhamento com o governo e vêm-na como uma intimidação aos médicos estagiários.

Através de um comunicado, a associaçao médica considera a adesão dos estagiários, uma acção legítima uma vez que este são membros da associação e da ordem dos médicos.

No seu comunicado, dizem ainda que a solidariedade é uma norma contida no Código Deontológico da agremiação e apelam à Faculdade de Medicina para cessar as intimidações.

Com a greve no quinto dia, as partes continuam irredutíveis nas suas posições, contudo, ao nível do Ministério da Saúde, acredita-se que os médicos grevistas não irão aguentar-se em greve durante muito mais tempo.

Numa ronda realizada por algumas unidades sanitárias da cidade de Maputo, os utentes falam de demora no tempo de espera pelo atendimento, contudo, a situação ainda não se faz sentir com muita intensidade dada o reduzido fluxo de pessoas pedindo tratamento hospitalar.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 6 Março 2015i
|| 0:00:00
...  
🔇
X
06.03.2015 19:00
As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 6 Março 2015

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha: Robin Thicke e Pharrell Williams em tribunal

O episódio 5 da #Passadeira Vermelha vai desde casos em tribunal a banhos gelados de celebridades. Veja também quem ainda se mantém no TOP 3 da música nos EUA e o trailler do filme de Will Smith "Focus", que é um sucesso de bilheteira
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha: Noivados de celebridades, filmes e muita música

O episódio 4 da #PassadeiraVermelha traz as peripécias do palco dos Oscars, os vestidos babados, noivados muito falados, as músicas que estão a liderar o TOP 3 americano, com Bruno Mars há semanas consecutivas e muito mais!
Vídeo

Vídeo Power Africa: Visão dos desafios e obstáculos em África devido à falta de energia

Os apagões são uma realidade por toda a África, com as faltas de electricidade a afectarem quase diariamente países ricos e pobres. Que desafios se colocam? Há uma geração energética e de abastecimento em África? O que está a ser feito para que a luz não se apague?
Vídeo

Vídeo Marcha em Moscovo homenageia líder da oposição assassinado

Milhares marcharam em homenagem a Boris Nemtsov, líder da oposição russa, assassinado em Moscovo quando passeava com a namorada pela ponte com vista para o Kremlin, na capital da Rússia. Boris Nemtsov assassinado com quatro tiros
Mais Vídeos