quinta-feira, 07 maio, 2015. 00:34 UTC

Notícias / Mundo

Síria é o último país a usar minas antipessoais

No ano passado 4 governos ainda usavam minas antipessoais: Israel, Líbia, Birmânia e Síria.

Redacção VOA
Um relatório agora divulgado conclui que, em 2012, a Síria é o único país que ainda usa minas antipessoais, o número mais baixo de sempre desde a conclusão em 1997 do tratado de Otava proibindo o uso daquela armas.

O relatório, publicado pela Campanha Internacional para a Proibição das Minas, considera que se trata de um marco histórico. De facto no ano passado 4 governos ainda usavam minas antipessoais: Israel, Líbia, Birmânia e Síria.

As minas continuavam a ser usadas até ao mês passado pela Síria nas fronteiras com a Turquia e com o Líbano. De acordo com o documento pelo menos 19 pessoas morreram devido a explosões daqueles engenhos naquelas zonas fronteiriças.

O relatório conclui que o governo sírio parece estar a usar stocks de minas produzidas nos anos 80 na União Soviética acrescentando que não há indícios de que se trate de minas recentemente produzidas.

Globalmente 160 países fazem parte do tratado de Otava, ou seja mais de 80% de todos os países.

De fora ficaram, entre outros, os Estados Unidos, a Rússia e a China.
No ano passado a Finlândia, o Sudão do Sul e a Somália aderiram ao tratado.

Com aqueles dois países africanos neste momento toda a África subsaariana aderiu ao tratado de proibição das minas.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes do Mundo 6 de Maio 2015i
X
06.05.2015 17:24
Vídeo

Vídeo Boas notícias: Congresso Americano tem mais mulheres

O número de mulheres no Congresso americano chegou a um recorde, mas ainda é apenas de 20% do total, enquanto mulheres são mais de 50% da população do país. Na Conferência Global do Milken institute, em Los Angeles, foram discutidas razões para essa diferença na política norte-americana.
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #13: Pai de Kim Kardashian roubou a cena com o desejo de querer ser mulher

Bruce Jenner, pai de Kim K West está na ordem do dia, Natalie La Rose entra para top 3 musical americano e tem Scarlet Johansson
Mais Vídeos