Links de Acesso

Malásia promete determinar a causa da morte de meio-irmão de líder norte-coreano


Kim Jong Nam

As autoridades da Malásia disseram hoje, 21, que ainda têm que determinar o que foi usado para matar o meio-irmão do líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un.

Kim Jong Nam foi morto no Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur no dia 13 de fevereiro com o que a polícia acredita ser um veneno de acção rápida.

O corpo de Nam ainda não foi identificado, uma vez que nenhum parente se apresentou.

O vice-primeiro-ministro malaio identificou a vítima como Kim Jong Nam, embora as autoridades não tenham conseguido realizar testes de DNA.

"A causa da morte e a identidade ainda estão pendentes", disse o médico Noor Hisham Abdullah, director-geral de saúde da Malásia, aos repórteres.

O funcionário disse que não foram recebidas amostras de DNA de nenhum familiar.

XS
SM
MD
LG