Links de Acesso

Emmanuel Nzita assume liderança da FLEC/FAC

  • Redacção VOA

Emmanuel Nzita, líder da FLEC/FAC

Emmanuel Nzita, líder da FLEC/FAC

O filho do líder histórico da FLEC/FAC, Nzita Tiago, falecido na passada sexta-feira, 3, assumiu a liderança da organização.

O Comandante “Sem Medo” revelou à VOA que o Bureau Político da organização escolheu Emmanuel Tiago, filho do co-fundador da FLEC/FAC, para assumir a liderança do movimento nacionalista.

Até agora secretário-geral, Emmanuel Nzita nasceu na República Democrata do Congo a 24 de Abril de 1955, tendo sido, anteriormente, o encarregado da diplomacia da FLEC/FAC em Kinshasa.

O pai faleceu em Paris, onde encontrava-se exilado há 30 anos.

Natural de Mboma Lubinda, Cabinda, Nzita Tiago, nasceu a 14 Julho de 1927 e participou em 1963 na criação da FLEC em Ponta Negra, República Democrática do Congo, após um longo período de actividade política no antigo Zaire juntamente com o nacionalista Patrice Lumumba.

Na véspera da independência de Angola, e ao saber que Cabinda não entraria no quadro da descolonização portuguesa, Nzita Tiago inicia uma guerra de contra as forças angolanas na actual província angolana.

Figura carismática da resistência cabindesa, Nzita Tiago tornou-se uma personagem incontornável em qualquer processo sobre o destino político de Cabinda.

A FLEC luta pela independência de Cabinda, alegando que o enclave era um protetorado português, tal como ficou estabelecido no Tratado de Simulambuco, assinado em 1885, e não parte integrante do território angolano.

XS
SM
MD
LG