Links de Acesso

Líbia: NATO bombardeia escritório de Muammar Kadhafi


Edíficio em escombros depois do bombardeamento aéreo da NATO esta Segunda-feira na Líbia

Edíficio em escombros depois do bombardeamento aéreo da NATO esta Segunda-feira na Líbia

Dois edifícios foram destruídos pelos ataques aéreos da Aliança que evidenciam a pressão sobre o contestado governo líbio

Na Líbia, o escritório do Coronel Muammar Kadhafi foi destruído esta manhã por um bombardeamento aéreo da NATO.

Dezenas de pessoas ficaram feridas no ataque qualificado pelo filho de presidente líbio, Seif Al-Islam como uma tentativa para o seu assassinato.

Os ataques aéreos da NATO desta Segunda-feira tiveram como alvo o centro do poder de Kadhafi. Os aviões destruíram dois edifícios, num dos quais se encontrava o gabinete do líder líbio assim como um outro usado como o centro de acolhimento de visitantes.

Um guarda no local disse que os bombardeamentos provocaram ferimentos de apenas 4 pessoas, mas outras fontes não identificadas referem-se que 45 pessoas terão sido feridas.

Desconhece-se até ao momento o paradeiro de Muammar Kadhafi, que tem feito aparições públicas em Tripoli logo a seguir a erupção dos combates em Fevereiro.

O ataque a sede do governo líbio, é o sinal de aumento de pressão sobre o regime. Para a NATO os edifícios foram bombardeados por estarem a ser usados como um posto de comando militar. A Aliança Atlântica transmite assim uma mensagem forte a Kadhafi de que doravante está a alargar os alvos das suas operações.

Numa altura que os rebeldes parecem ter assumido o controlo leste do país, as forças de Kadhafi estão a tentar conservar a região oeste que inclui a capital Tripoli. As forças rebeldes forçaram ontem a retirada das tropas leais a Kadhafi da cidade de Misrata onde morrem pelo menos 32 pessoas desde Sábado. A confirmação é do porta-voz do governo líbio, Mussa Ibrahim.

Enquanto o nosso exército se retirava de Misrata ele acabou por ser atacado pelas forças rebeldes. As nossas tropas responderam aos ataques mas continuou a retirada da cidade.”

Um militar pró-Kadhafi capturado pelas forças rebeldes disse que as tropas em Misrata estão cansadas e alguns deles estão a abandonar as suas posições. Outras noticias indicam entretanto que ontem as tropas leais a Kadhafi bombardearam a cidade de Zenten ao sudoeste de Tripoli matando quatro pessoas e ferindo 9 outras.

XS
SM
MD
LG