Links de Acesso

Mali: Líderes golpistas lançam apelo à calma

  • Eduardo Ferro

Os responsáveis pelo golpe de estado desta semana no Mali estão a apelar à calma no momento em que se multiplicam as pilhagens

Os responsáveis pelo golpe de estado desta semana no Mali estão a apelar à calma no momento em que se multiplicam as pilhagens e aumenta a falta de alimentos e de combustíveis.

A televisão estatal maliana apresentou hoje uma declaração lida pelo líder do golpe, Amadou Sanogo, para fazer dissipar os rumores de que teria morrido.

Na sua intervenção Sanogo afirmou que a principal missão dos seus homens era a de preservar a integridade territorial do Mali assim como a segurança dos cidadãos e dos seus bens.

Imagens provenientes da capital do Mali mostram entretanto lojas vandalizadas e saqueadas e alguns residentes estão acusar soldados de roubo à mão armada.

Continua a desconhecer-se entretanto o verdadeiro paradeiro do presidente deposto, Amadou Touré.

O golpe de estado de quarta-feira suscitou críticas internacionais incluindo dos Estados Unidos, da União Europeia e da União Africana.

Os líderes golpistas estão igualmente a sofrer pressões dos rebeldes tuaregues do norte do país que estão a usar o golpe para fazer avançar a sua agenda para a independência da região.

XS
SM
MD
LG