Links de Acesso

"O Catador de Bufunfa"- vidas dos luandenses

  • Pedro Dias

“ O Catador de Bufunfa”, de Roderick Nehone

“ O Catador de Bufunfa”, de Roderick Nehone

O livro retrata a luta dos habitantes de Luanda pela sobrevivência, recorrendo a vários expedientes.

No dia consagrado à mulher angolana, 2 de Março, o escritor angolano Roderick Nehone, pseudónimo literário de Frederico Manuel dos Santos e Silva Cardoso, apresentou a sua mais recente obra literária denominada “ O Catador de Bufunfa”. Na sede da União dos Escritores Angolanos.

O autor dando um autografo

O autor dando um autografo


Editado pela Mayamba Editora, o lançamento da obra serviu também para homenagear as mulheres angolanas. O livro retrata a luta dos habitantes de Luanda pela sobrevivência, recorrendo a vários expedientes. “ O Catador de Bufunfa” descreve também a proliferação das igrejas e a religião como uma das estratégias de afirmação ou de sobrevivência.

Ao apresentar o livro,o jornalista João Melo disse que neste livro, escrito sob a forma de ficção narrativa, o autor exalta a capacidade de adaptação e criação dos luandenses, transmitindo uma mensagem positiva sobre o tempo histórico actualmente vivido pela sociedade."O Catador de Bufunfa", segundo João Melo, mostra uma Luanda de novas realidade físicas, actores, problemas e situações emergentes das transformações históricas que afectam e continuam a lesá-la.

Roderick Nehone nasceu em Luanda a 26 de Março de 1965. Em 1989 concluiu a licenciatura em Direito na Universidade Central de Las Villas, Cuba, e foi docente da Universidade Agostinho Neto, em Luanda, de 1991 a 2004. É membro da Ordem dos Advogados de Angola e Vice-Presidente da União dos Escritores Angolanos (UEA).

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG