Links de Acesso

Cabinda: Mais um General da FLEC-FAC morto em emboscada das FAA


Rebeldes da FLEC-FAC mostrando a bandeira do movimento independentista

Rebeldes da FLEC-FAC mostrando a bandeira do movimento independentista

FLEC de Nzita Tiago confirma o assassinato de Maurício Lubota "Sabata" comandante da região militar de Miconje

A facção da Frente de Libertação de Cabinda - FLEC–FAC afecta a Nzita Tiago anunciou o assassinato do seu comandante da região militar de Miconje, Maurício Lubota “Sabata”.

Um porta-voz da FLEC disse à Voz da América que Lubota foi morto pelas Forças Armadas Angolanas em conivência com a facção da FLEC-FAC, liderada por Alexandre Tati.

Segundo Manuel Ngoma “Mwana Popi”, conselheiro de Nzita Tiago na Cidade de Ponta Negra, o general independentista foi alvo de uma cilada montada por agentes das FAA e de seus opositores no movimento independentista de Cabinda.

O corpo sem vida do General Lubota foi encontrado na região de Massabi, na fronteira entre Cabinda e o Congo Brazaville no Sábado, dois dias depois do seu alegado rapto pela força inimiga.

Tchondé António, porta-voz de Manuel Ngoma “Mwana Popi” confirmou isso mesmo a Voz da América.

De recordar que a morte do General Mauricio Lubota “Sabata” é a segunda baixa em menos de vinte dias sofrida pela facção da FLEC-FAC de Nzita Tiago. A primeira tinha sido o assassinato nas mesmas circunstâncias do Chefe estado maior-general da FLEC-FAC, o general Nhemba Pirilampo.

Não foi possível confirmar esta operação junto das FAA, nem contactar Alexandre Tati.

XS
SM
MD
LG