Links de Acesso

Membros da etnia Lunda libertados no Moxico


Membros da etnia Lunda libertados no Moxico

Membros da etnia Lunda libertados no Moxico

Tribunal de Luena devolveu à liberdade os detidos

Depois de dias de prisão na comarca do Luena, o tribunal do Luena ilibou os 13 membros da tribo Lunda que no passado dia 19 de Janeiro de 2012 tinham sido detidos no Alto Zambeze, por não concordarem com a entronização na região de uma autoridade tradicional de outra linhagem e de outro grupo étnico.

Numa breve conversa telefónica com a redacção da Voz da América José Mateus, Zecamuxima, da Comissão do Manifesto Jurídico do Protectorado da Lunda Tchokwe explicou o que se passou, referindo que o regime Angolano fomenta conflitos étnicos na nação Lunda, na fronteira com a Zambia.

“As autoridades retiraram compulsivamente os membros do grupo Lunda da sua região, prejudicando os seus afazeres, e nem sequer prestaram assistência alimentar muito menos proporcionaram condições para o regresso para junto das famílias”.

Cinco dos detidos não compareceram ao julgamento, por apresentarem sinais visíveis de tortura infligidos por agentes de segurança no momento de detenção.

XS
SM
MD
LG