Links de Acesso

Cólera no norte de Moçambique

  • Faizal Ibramugy

Cólera no norte de Moçambique

Cólera no norte de Moçambique

Várias pessoas detidas após terem acusado equipas de prevenção de espalharem a doença

Nampula 13 de Janeiro - Pelo menos seis pessoas perderam a vida desde a última semana de Dezembro passado a esta parte do ano em curso, no distrito costeiro de Memba, na sequência da cólera que está fustigar a província mocambicana de Nampula.Isto ao mesmo tempo que ocorreram manifestações contra a presença de equipas de prevenção que foram acusadas de espalhar a doença. Várias pessoas teriam sido detidas, soube a Voz da América.

Nesta época das chuvas, a cólera espalha-se rapidamente nos distritos de Nampula. Durante a quadra festiva do Natal e do fim-de-ano, foram registados 557 casos de cólera, dos quais quatro registados em Mossuril, igual numero em Meconta, onze em Mogincual, oitenta e três em Nacarôa, 345 em Erati e cento e dez casos de cólera em Memba.

Neste momento, embora as diarreias estejam a aumentar, o governo provincial, confirma apenas três pessoas internadas no distrito de Nacarôa, devido à doença .

As equipes de saúde, ainda não tem o controlo da situação, mas entretanto, afirmam que a situação não é alarmante, disse Pascoal de Azevedo, porta-voz do governo provincial de Nampula.

O governo provincial está igualmente preocupado com a onda de desinformação sobre a cólera. Há dias, uma equipe do Instituto Nacional de Gestão de Calamidade (INGC), esteve a distribuir kits de emergência no distrito de Mogovolas.

Embora a cólera não tenha atingido aquele distrito, as comunidades locais, manifestaram-se alegando que a equipa do INGC, esteve a distribuir cólera.

A Voz da América soube que oito pessoas foram detidas em conexão com a desinformação. O governo não confirmou oficialmente as detenções

XS
SM
MD
LG