Links de Acesso

Zâmbia: Presidente Edgar Lungu admite derrota após vitória esmagadora do rival


Edgar Lungu

O presidente da Zâmbia, Edgar Lungu, reconheceu a derrota nas eleições, após ter sido anunciada a vitória esmagadora do líder da oposição Hakainde Hichilema, marcando a terceira transferência pacífica de poder para um partido da oposição.

Faltando apenas a contagem de um dos 156 círculos eleitorais, Hichilema obteve 2.810.777 votos contra 1.814.201 de Lungu, e a comissão eleitoral o declarou próximo presidente.

"Vou cumprir as disposições constitucionais para uma transição pacífica de poder. Portanto, gostaria de felicitar o meu irmão, o presidente eleito, Sua Excelência o Sr. Hakainde Hichilema", disse Lungu, 64 anos, num breve discurso transmitido pela televisão à nação e citado pela Reuters.

A reacção de Lungu é vista com uma forma de fortalecimento das credenciais democráticas da Zâmbia e dá o exemplo num continente com uma história irregular de mudanças pacíficas.

Neste país da África austral, o poder já havia passado de um partido no poder para a oposição duas vezes.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG