Links de Acesso

Zâmbia: Hakainde Hichilema, líder da oposição, vence as eleições presidenciais 


Hakainde Hichilema

Com uma expressiva vitória, Hichilema atingiu o limite constitucional de 50,1% para ser declarado vencedor absoluto.

O líder da oposição Hakainde Hichilema derrotou o incumbente Edgar Lungu, na eleição presidencial da Zâmbia, disse a comissão eleitoral, nesta segunda-feira, 16, ao divulgar os resultados finais da votação.

Na contagem final, Hichilema obteve 2.810.777 votos, enquanto Lungu, em segundo lugar, conseguiu 1.814.201 votos, de sete milhões de eleitores registados.

A confirmação da vitória de Hichilema foi feita pelo presidente da comissão eleitoral, Esau Chulu, numa sessão bastante concorrida, no Centro Internacional de Conferências Mulungushi, em Lusaka, a capital da Zâmbia.

Apoiantes de Hakainde Hichilema
Apoiantes de Hakainde Hichilema

Com esta expressiva vitória, Hichilema não tem que enfrentar uma segunda volta. Ele atingiu o limite constitucional de 50,1% para ser declarado vencedor absoluto.

A eleição foi marcada por violência esporádica, que levou o derrotado Edgar Lungu a afirmar que o processo não foi justo.

Nos termos da lei, se Lungu quiser contestar as eleições, ele deve apresentar a reclamação ao Tribunal Constitucional, no prazo de sete dias, após o anúncio do vencedor.

Hichilema, que antes de entrar na política era chefe de uma firma de contabilidade, chega ao poder na sua sexta tentativa.

Na altura em que assumir o poder como sétimo presidente da Zâmbia, Hichilema vai enfrentar, entre outros desafios, a tarefa de inverter a trajectória económica do país.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG