Links de Acesso

"Violações dos direitos humanos continuam em Angola", diz Friends of Angola


Rafael de Morais, diretor da Friends of Angola, Luanda

A organização não governamental americana Friends of Angola (FoA) denuncia que os direitos humanos continuam a ser violados no país.

No seu Relatório de 2019, com denúncias de violação das liberdades dos cidadãos, a organização afirma que, no segundo ano de mandato de João Lourenço, os atos repressivos das autoridades contra manifestantes mantiveram-se, com a Policia a efectuar detenções arbitrárias.

Rafael de Morais, diretor da FoA, considera que a situação tem-se degradado com a violação dos direitos de reunião e manifestação.

“No Governo do José Eduardo dos Santos vimos várias violações, mas agora não é diferente, ainda há muita violência contras os cidiadãos, não há qualquer diferença”, sublinhou Morais.

A organização alerta, por exemplo, que ainda há impedimentos contra a realização de determinados atos pelas organizações parceiras.

FoA é uma oragnização não governamental de angolanos com sede nos Estados Unidos e com escritórios na Europa e em Angola e tem apoiado várias organizações não governamentais no país.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG