Links de Acesso

Variante Corona Delta está a "espalhar-se rapidamente', diz director da OMS


Tedros Adhanom Ghebreyesus, Director-Geral da OMS

O Director-Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse na sexta-feira que a variante Delta do coronavírus foi identificada em pelo menos 85 países e "é a mais transmissível das variantes identificadas até agora ... e está a espalhar-se rapidamente entre as populações não vacinadas".

"À medida que alguns países facilitam as medidas sociais e de saúde pública, estamos a começar a ver aumentos na transmissão em todo o mundo", acrescentou.

"É muito simples: mais transmissão, mais variantes. Menos transmissão, menos variantes", disse o director da OMS.

"Isso torna ainda mais urgente que usemos todas as ferramentas à nossa disposição para prevenir a transmissão: o uso adequado e consistente de medidas de saúde pública e sociais, em combinação com a vacinação equitativa".

Enquanto isso, as autoridades de saúde dizem que uma nova estirpe da variante Delta do coronavírus, identificada pela primeira vez na Índia, surgiu em quase uma dúzia de países, incluindo Estados Unidos e Reino Unido. A nova variante foi baptizada de Delta Plus. As autoridades temem que a Delta Plus possa ser ainda mais contagiosa do que a variante Delta. Os cientistas estão apenas a começar a estudar a nova estirpe.

Casos e novos bloqueios

A maior cidade da Austrália foi condenada a um bloqueio de duas semanas devido ao crescente número de casos Covid-19. As autoridades de saúde em Sydney lutam para conter um surto da variante Delta, altamente infecciosa.

Os apelos para ficar em casa também se aplicam a outras áreas de New South Wales, o estado mais populoso da Austrália. É o primeiro bloqueio em Sydney desde Dezembro. A Austrália tem mantido consistentemente taxas muito baixas de transmissão de coronavírus. O último surto está relacionado a um motorista de limusine no aeroporto de Sydney.

O Centro de Recursos do Coronavírus Johns Hopkins relatou neste sábado que a contagem global de casos COVID-19 atingiu mais de 180 milhões.

Os EUA continuam a ter o maior número de infecções com 33,6 milhões, seguidos de perto pela Índia com 30,1 milhões e o Brasil com 18,3 milhões.

Hopkins disse que 2,8 biliões de vacinas foram administradas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG