Links de Acesso

UNITA desafia CNE a revelar a origem dos resultados

  • Redacção VOA

Raúl Danda

Raúl Danda diz que seu partido vai à frente em Luanda, Huambo e Lunda Sul

A UNITA afirma estar a acompanhar com a devida atenção a divulgação dos resultados pela CNE e desafia este órgão a dizer qual a origem desses números que dão ao MPLA, no poder, 61 por cento dos votos e uma maioria qualificada no Parlamento.

“Nós precisamos é que a CNE tenha coragem para dizer de onde é que está a tirar esses resultados”, desafiou o vice-presidente da UNITA em conferência de imprensa no início da noite desta sexta-feira, 25, em Luanda, na qual garantiu que o partido aceitará quaisquer resultados desde que “sejam transparentes”

Danda revelou que o seu partido lidera nas províncias de Luanda, Huambo e Lunda Sul, segundo o sistema de contagem montado pela UNITA que já escrutinou 48,75% de mesas das assembleias de voto em todo o país.

Na província de Luanda, Danda garante que a UNITA vai à frente com 47,02 por cento, seguida do MPLA está com 36,72%, a CASA-CE com 14,20%, a FNLA com 0,85%, o PRS com 0,84% e a APN com 0,36%.

O partido do Galo Negro perde de forma substancial para o MPLA apenas nas províncias da Huíla, Namibe e Cunene.

“O Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA apela aos angolanos a manterem serenidade e confiança na direção do partido, que tudo fará para que a justiça vença e o resultado represente efectivamente a vontade dos eleitores expressa nas urnas”, exortou Raul Danda.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG