Links de Acesso

União Europeia investe 75 milhões de dólares na agricultura angolana

  • Teodoro Albano

Huíla, Cunene e Namibe são as províncias beneficiadas

Projecto visa desenvolvimento da agricultura sustentável

A União Europeia vai investir nos próximos cinco anos 75 milhões de dólares em projectos de desenvolvimento da agricultura sustentável nas províncias da Huíla, Namibe e Cunene.

O projecto designado por Fresan é o maior da União Europeia a ser implementado até agora em Angola

O chefe da área de cooperação da delegação da União Europeia em Angola, Raimundo Reigada disse que o mesmo vai assentar-se na agricultura sustentável junto dos camponeses das três províncias da região sul.

“Vai ser o maior projecto da União Europeia em Angola e vai ser implementado nas províncias de Huíla, Cunene e Namibe nos próximos cinco anos. É um projecto sobretudo orientado para a agricultura sustentável, que vai melhorar a produção dos camponeses nas três províncias, colaborar com as estruturas de produção e de formação no sector da agricultura", explicou Reigada.

O responsável da União Europeia esteve na Huíla à frente de uma comitiva da organização para avaliar projectos implementados pela Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) com financiamento da organização.

Entre os projectos, destaca-se o denominado Ekolisso, no valor de 1.1 milhão de dólares que beneficia centenas de camponeses dos municípios de Caluquembe na Huíla e Caála na província do Huambo.

Este projecto é anunciado numa altura em que a região se tem confrontado nos últimos anos com graves problemas de alterações climáticas com impacto negativo nas comunidades rurais.

XS
SM
MD
LG