Links de Acesso

Uíge: delegação da CASA visita fronteira da RDC


Delegação da CASA na fronteira entre o Uíge e a RDC

Partido queixa-se de burocracia que impede cooperação através da fronteira

Um dirigente da CASA CE acusou as autoridades angolanas na fronteira entre a Republica Democrática do Congo e o Uíge de dificultarem a cooperação ao longo da fronteira.

Uma delegação dessa coligação eleitoral visitou a comuna da Kimbata no município de Maquela do Zombo na província do Uíge.

Alexandre Sebastião André vice-presidente e responsável pelo grupo de acompanhamento da pré-campanha e da campanha eleitoral da Casa-CE no Uíge disse que existem condições para uma cooperação através da fronteira comum mas as autoridades angolanas não facilitam a cooperação devido as burocracias administrativas por parte das autoridades angolanas na fronteira”.

André condenou também o que disse ter sido o comportamento do “responsável” de imigração e fronteira que teria violado “a ética profissional” quando lidou com a delegação da CASA.

Este dirigente da CASA saudou o administrador local que “é uma pessoa excelente e humanista”.

Ao terminar o político acrescentou que a condição de vida dos povos das comunas do Béu, Sacandica e Kuilo Futa agregam varias dificuldades nos sectores da saúde, educação e comunicação rodoviária obrigando os populares a se deslocarem centenas de quilómetros á procura destes serviços.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG