Links de Acesso

Trump reitera ao Papa Francisco empenho pela paz

  • Redacção VOA

Francisco e Trump falaram por 30 minutos

Os dois líderes trocaram livros sobre paz e direitos civis

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou ter saído “mais determinado do que nunca a buscar a paz” da audiência com o Papa Francisco, no Vaticano, na manhã desta quarta-feira, 24.

O encontro ocorreu apesar das trocas de acusações entre os dois líderes durante a campanha presidencial americana.

O primeiro encontro pretendia aproximar o governante americano e o pontífice latino-americano, que discordam em temas importantes como migração, mudanças climáticas, venda de armas, pena de morte e islão.

Os dois conversaram em particular por aproximadamente 30 minutos - tempo médio que o Papa concede aos governantes-, com a ajuda de tradutores.

A agência Reuters afirmou que o Papa não foi tão sociável quanto costuma ser quando recebe Chefes de Estado, enquanto a France Presse escreveu que ele parecia sério no início do encontro, mas chegou a brincar com Melania, falando sobre a altura do marido, que tem mais de 1,90 metro.

"Mas, o que você dá para ele comer?", perguntou o Papa sorrindo.

No final da audiência, Francisco presenteou Donald Trump com o documento "A não violência, estilo de uma política para a paz", escrito por ele mesmo por ocasião da Jornada Mundial da Paz 2017.

"Espero que seja um instrumento de paz", disse o Papa em espanhol.

"Precisamos de paz", respondeu em inglês Trump, que presenteou o pontífice com vários livros, todos eles de Martin Luther King, o pastor americano da Igreja Baptista que desenvolveu um trabalho crucial à frente do movimento pelos direitos civis para os afro-americanos.

"Acredito que vai gostar. Espero", disse o Presidente americano que já seguiu para Bruxelas onde vai encontrar-se com líderes da NATO.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG