Links de Acesso

Trump e primeira dama em quarentena depois de conselheira contrair Covid-19


Hope Hicks (esq) e Donald Trump, durante entrevista à Reuters, 17 de janeiro de 2018

O Presidente americano Donald Trump revelou na noite desta quinta-feira, 1, que ele e a primeira dama, Melania Trump, iniciaram um período de quarentena, enquanto aguardam o resultado de um novo teste da covid-19, depois da sua conselheira Hope Hicks ter sido infetada.

"Hope Hicks, que tem trabalhado tanto sem fazer uma pequena pausa, acabou de testar positivo para Covid-19. Terrível! A primeira-dama e eu esperamos os resultados do nosso teste. Enquanto isso, começaremos nosso processo de quarentena!", escreveu Trump na sua conta no Twitter, depois

Horas antes fontes da Casa Branca tinham avançado à agência Bloomberg que Hicks teve um teste positivo confirmado hoje.

Sem confirmar se Hicks está em quarentena e se há outros colaboradores do Presidente afetados, em umcomunicado, o porta-voz da Casa Branca Judd Deere, escreveu que "o Presidente leva muito a sério a saúde e a segurança dele e de todos que trabalham com ele e do povo americano".

A nota acrescenta que "o Departamento de Operações da Casa Branca colabora com o médico do Presidente e o Escritório Militar da Casa Branca para garantir que todos os planos e procedimentos respeitem as diretrizes atuais do CDC e as melhores práticas para limitar a exposição ao COVID-19 o máximo possível, tanto no complexo como quando o Presidente estiver em viagens".

A conselheira viajou com o Presidente várias vezes nesta semana, incluindo ontem, 30, a bordo do Marine One, o helicóptero presidencial, a caminho de um comício em Minnesota, e no dia anterior, no avião presidencial Air Force One, quando Trump foi participar no debate contra Joe Biden.

Hope Hicks é a pessoa mais próxima do Presidente a contrair a doença.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG