Links de Acesso

Trump demite Procuradora Geral interina

  • Redacção VOA

Sally Yates aguardava chegada do novo Procurador Geral da República.

Sally Yates recusou defender o decreto presidencial do Presidente sobre imigração.

O Presidente americano exonerou a Procuradora-Geral interina Sally Yates que recusou defender na justiça o decreto presidencial de Donald Trump que impede a entrada de cidadãos de sete países e suspende o programa de refugiados.

Em comunicado, a Casa Branca disse que Yates "recusou-se a fazer cumprir uma ordem legal destinada a proteger os cidadãos dos Estados Unidos", disse a Casa Branca.

"Traiu o Departamento de Justiça", disse a declaração da Casa Branca.

Dana Boente, advogada do Distrito Leste de Virgínia, foi nomeada a nova procuradora-geral interina, revelou a Casa Branca.

Antes, Sally Yates, que aguardava que o novo Procurador-Geral fosse aprovado pelo Senado, revelou não poder defender o decreto presidencial por não estar certo de que o mesmo é legal.

"Minha responsabilidade é garantir que a posição do Departamento de Justiça não só seja legalmente defensável, mas que seja informado para poder fazer a defesa", disse Yates em carta, na qual reitera: "Além disso, sou responsável por assegurar que as posições que assumimos no tribunal permaneçam consistentes com a solene obrigação desta instituição de sempre buscar justiça e defender o que é certo".

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG