Links de Acesso

Trump defende leis mais duras para a imigração e corte da internet aos terroristas

  • Redacção VOA

Donald Trump

Presidente americano reage no Twitter à explosão que deixou 22 feridos em Londres

O Presidente americano reagiu à explosão no metro de Londres nesta sexta-feira, 15, dizendo tratar-se de um ataque perpetrado por “pessoas doentes e dementes” e “terroristas falhados”, e pediu que a polícia britânica seja “proactiva”.

Donald Trump aproveitou o incidente que é tratado como terrorista pelas autoridades britânicas para pedir restrições na política migratória do seu país.

“As restrições na imigração nos Estados Unidos deviam ser muito mais vastas, duras e mais específica. Mas, estupidamente, isso não seria politicamente correcto”, escreveu Trump.

O Presidente americano defendiu ainda que deve-se cortar a internet aos terroristas.

“Temos de lidar com os terroristas falhados de uma forma mais forte. A internet é a sua principal ferramenta de recrutamento e temos de a cortar para usar melhor”, escreveu Trump no Twitter.

A explosão numa estação de metro de Londres deixou 22 feridos, mas nenhum em estado grave.

A polícia deteve um suspeito e procura um segundo cúmplice.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG