Links de Acesso

Trump avisa Rússia para um provável ataque americano à Síria


Trump diz que mísseis estão a chegar

Moscovo alerta que ataque à Síria é um crime de guerra

O Presidente americano Donald Trump advertiu a Rússia que as tropas do seu país estão prontas para atacar a Síria e lamentou que Moscovo seja aliado de um “animal”.

“A Rússia promete derrubar todos e quaisquer mísseis lançados contra a Síria. Prepare-se, Rússia, porque eles estão chegando, agradáveis, novos e "inteligentes"! Vocês não deveriam ser parceiros de um animal que usa gás para matar o seu povo e gosta disso”, escreveu Trump no Twitter, nesta quarta-feira, 11, em referência a um ataque ocorrido no sábado, 7, atribuído ao governo de Bashar al-Assad, em Gouta Oriental.

Cerca de 70 pessoas terão morrido, entre elas crianças e mulheres, e dezenas ficaram feridas no ataque que, segundo muitas fontes, terá sido feito com um gás tóxico.

Parlamentares russos citados pela agência Associated Press disseram que Moscovo vê um ataque aéreo à Síria como um crime de guerra que pode provocar um choque militar directo.

Nesta manhã, o Governo russo advertiu para o perigo de qualquer acção no país que possa "desestabilizar a já frágil situação da região".

"Como antes, esperamos que todas as partes evitem qualquer acção, que em nenhum caso seria justificável e que poderia desestabilizar a já frágil situação da região", afirmou Dmitri Peskov, porta-voz do Kremlin.

Entretanto, no terreno, a Organização Mundial de Saúde revelou que cerca de 500 pacientes revelam sinais de exposição a químicos tóxicos após o ataque de sábado em Douma, na Síria.

A organização, que não confirma se o gás é químico, cita também relatos sobre a morte de mais de 70 pessoas em abrigos subterrâneos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG