Links de Acesso

Trump ameaça encerrar o governo se não for financiado o muro na fronteira com o México


Presidente Donald Trump, em Michigan, 28 de Abril, 2018.

Trump alertou à multidão de Michigan que "um voto para um democrata em novembro é um voto para as fronteiras abertas e crime".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou encerrar o governo, este ano, se o Congresso não aprovar financiamento suficiente para a segurança das fronteiras, incluindo o dinheiro para construir um muro entre os EUA e o México.

No mês passado, Trump assinou uma conta de gastos de 1,3 trilhão que mantém o funcionamento do governo até o final de setembro.

Falando num comício de campanha no sábado em Washington, no estado de Michigan, o presidente disse que a votação do projecto de lei do Congresso voltará a 28 de setembro, mas se não incluir dinheiro para o muro, ele não assinará.

"Precisamos do muro. Teremos tudo tudo", disse Trump à multidão. "E esse muro já foi iniciado. Conseguimos 1,6 mil milhões. Voltamos a 28 de setembro e, se não conseguirmos a segurança na fronteira, não teremos escolha. Vamos fechar o país, porque precisamos de segurança nas fronteiras".

A promessa de construir o muro das fronteiras foi um elemento importante da plataforma de campanha presidencial de Trump, em 2016.

No entanto, Trump poderá não ter apoio dos seus colegas republicanos se tentar fechar o governo antes das eleições intercalares de novembro.

Mas Trump alertou à multidão de Michigan que "um voto para um democrata em novembro é um voto para as fronteiras abertas e crime".

"As políticas de fronteiras abertas do Partido Democrata não são apenas erradas, são perigosas e, na verdade, são mortais," disse Trump.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG