Links de Acesso

Tribunal confirma prisão perpétua para Hissène Habré

  • Redacção VOA

Hissène Habré no tribunal de Dakar

Antigo Presidente do Chade foi condenado por crimes contra a humanidade e crimes de guerra.

O Tribunal Extraordinário Africano que julgou em Dakar, no Senegal, o ex-Presidente do Chade Hissène Habré confirmou nesta quinta-feira, 27, a condenação a pena de prisão perpétua, pronunciada em 2016, por crimes contra a humanidade e crimes de guerra.

Habré foi, no entanto, absolvido de uma acusação de violação, que não altera o veredicto final.

O tribunal, que pronunciou a decisão na ausência do acusado, decidiu também criar um fundo para o pagamento de indemnizações a mais de quatro mil vítimas.

O julgamento de Habré começou em julho de 2015 e foi o primeiro em que a justiça de um país processou o ex-Presidente de outro por crimes contra a humanidade.

O Tribunal Extraordinário Africano foi criado pela União Africana e pelo Senegal para julgar Habré pelos crimes cometidos durante a sua presidência (1982-1990), durante a qual 40 mil pessoas foram mortas.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG