Links de Acesso

Trending: Presidente Trump bloqueado no Twitter e Facebook


Conta pessoas do Presidente Donald Trump no Twitter

No principal motor de busca da Internet - Google - a expressão “Trump bloqueado no Twitter e Facebook” é a mais procurada até agora, com mais de dois milhões de buscas.

Isto depois de ele ter gravado uma mensagem em vídeo dirigida aos seus apoiantes que manifestavam no Capitólio, em Washington DC.

Nessa mensagem nas redes sociais para os manifestantes, o Presidente disse "Eu amo-vos" antes de lhes dizer para irem para casa. Ele também repetiu falsas alegações sobre fraude eleitoral, afirmando “eles roubaram-nos a eleição”.

O Twitter disse que exigia a remoção de três tweets por "violações graves da nossa política de integridade cívica".

A empresa disse que a conta do Presidente permaneceria bloqueada para sempre se os tweets não fossem removidos, acrescentando que "Futuras violações das regras do Twitter ... resultarão na suspensão permanente da conta @realDonaldTrump".

O Facebook e o Instagram proibiram Trump de postar por 24 horas. O YouTube também removeu o vídeo.

O Snapchat também impediu que Trump criasse novas publicações, mas não disse se ou quando encerraria o proibição.

O Facebook disse: "Removemos porque, no geral, acreditamos que contribui em vez de diminuir o risco de violência contínua".

Os seus apoiantes invadiram a sede do governo dos Estados Unidos e entraram em confronto com a polícia, resultando na morte de uma mulher no local e outras três pessoas acabaram por morrer no serviço de emergência, escreve a AP.

A violência interrompeu o debate no Congresso sobre a confirmação do democrata Joe Biden como próximo Presidente dos Estados Unidos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG