Links de Acesso

Trabalhadores eventuais da saúde em greve em Malanje

  • Isaías Soares

Vinte e três trabalhadores no município de Quirima exigem 17 meses de salários em atraso

Uma greve ilimitada de 23 trabalhadores eventuais da Direcção de Saúde do município de Quirima, a 310 quilómetros a sul da província de Malanje teve início nesta quarta-feira, 17.

Os funcionários admitidos sob regime de contrato há mais de dois anos clamam por 17 meses de salários em atraso.

Cerca de 63 mil habitantes da comuna sede e Sautar assistidos maioritariamente por eventuais no Hospital Municipal e 7 postos de saúde serão afectados.

Ouça a reportagem:

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG