Links de Acesso

Luanda: Trabalhadores da EPAL anunciam greve para quinta-feira


Luanda (Foto de arquivo)

Sindicato diz que empresa não responde às suas reivindicações apresentadas em 2019

Os trabalhadores da Empresa Pública de Águas de Luanda (EPAL) pretendem entrar em greve, por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira, 22, em protesto contra a não satisfação do seu caderno reivindicativo, apresentado à direcção da empresa em 2019.

Luanda: Trabahadores da empresa de águas vão entrar em greve – 2:01
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:21 0:00

Em causa, de acordo com Bernardo Tungo, membro da comissão negociadora, estão pagamento dos salários, a melhoria das condições de vida dos trabalhadores efectivos e em idade de reforma, o seguro de saúde, entre outras exigências.

“Quando o trabalhador sofre algum acidente de trabalho tem que pagar o tratamento tirando do seu próprio bolso. O sistema de cobranças não foi modernizado o que facilita os roubos envolvendo alguns responsáveis”, sustenta Tungo, que ainda se queixa de salários em atraso.

Em conversa com a VOA, Bernardo Tungo disse que o sindicato pede desculpas à população de Luanda pela decisão tomada em período de festas, mas afirma que o comportamento da entidade patronal “não nos deixa outra alternativa que não entrar em greve”

O sindicalista acrescentou, entretanto, que serão mantidos os serviços mínimos para assegurar o abastecimento de água aos citadinos de Luanda.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG