Links de Acesso

Sudão: Omar al-Bashir será julgado por corrupção


Omar al-Bashir

O deposto presidente do Sudão, Omar al-Bashir, será julgado, em breve, por acusações de corrupção, enquanto 41 ex-funcionários de seu governo estão a ser investigados por suspeita de corrupção, disse a Procuradoria.

O julgamento de Bashir, escreve a Reuters, será um teste de quão sério é o conselho militar de transição do país na tentativa de apagar o legado do presidente derrubado em Abril, após 30 anos de governo autocrático, que viu o Sudão do Sul se separar e a economia deteriorar.

O procurador-chefe Alwaleed Sayed Ahmed Mahmoud confirmou, no sábado, que o ex-presidente será julgado.

"Quarenta e um processos criminais foram abertos contra símbolos do antigo regime, e medidas para deter e investigar serão concluídas na próxima semana", acrescentou Mahmoud, em conferência de imprensa, na capital Cartum, sem dar mais detalhes.

Separadamente, um comité criado pelo conselho militar para investigar a repressão mortal num campo de protestos, no centro de Cartum, no início de junho, descobriu que vários oficiais eram responsáveis.

O campo de protesto do lado de fora do Ministério da Defesa tornou-se um ponto focal para os manifestantes que exigem que os militares entreguem o poder a civis.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG