Links de Acesso

Sudão: Militares e líderes de manifestações assinam acordo de divisão do poder


O Conselho Militar de Transição do Sudão e a coligação de líderes de manifestantes rubricaram um acordo de divisão de poder, neste domingo, 4 de Agosto.

As duas facções irão assinar formalmente uma declaração constitucional a 17 de agosto.

No dia seguinte, será anunciada a composição do conselho soberano que administrará o país durante os três anos que antecedem as eleições.

No dia 20 de agosto, um primeiro-ministro será nomeado e, oito dias depois, os ministros do executivo serão revelados.

O Sudão está envolvido em manifestações há meses. Inicialmente, os manifestantes eram contra o elevado preço de combustível.

De seguida, os manifestantes continuaram a pedir mudanças políticas mesmo depois do afastamento militar do ex-presidente Omar al-Bashir.

Bashir, que governou o Sudão, por 30 anos, foi afastado a 11 de Abril deste ano.

O Conselho Militar de Transição do Sudão e os líderes da oposição concordaram, em julho, formar um governo de transição, após três meses de protestos violentos que mataram centenas de manifestantes pró-democracia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG