Links de Acesso

Steve Bannon sai da prisão sob fiança de 5 milhões de dólares


Ex director de campanha do Presidente Trump, Steve Bannon à saída do tribunal federal, 20 de agosto, 2020, depois de se ter declarado inocente perante acusação de ter usado dinheiro de doadores em esquema de recolha de fundos para construção do muro na fronteira com o México.

Steve Brannon, foi preso e indiciado de desviar dinheiro de uma campanha de apoio à construção de um muro entre os Estados Unidos e o México, nesta quinta-feira, 20.

Ele teria desviado centenas de milhares de dólares para apoiar o emblemático projeto da presidência de Trump de erguer um muro na fronteira com o México.

Bannon, que foi um dos arquitetos da campanha presidencial do magnata nova-iorquino em 2016 é acusado de ter - com três outros dirigentes da página "Construímos o Muro" da plataforma de Crowdfunding GoFundMe - de ter desviado centenas de milhares de dólares para "despesas pessoais", disse a procuradora federal Audrey Strauss de Manhattan num comunicado.

Steve Bannon, 66, declarou-se inocente na quinta-feira perante um juiz federal em Manhattan das duas acusações contra ele, fraude e lavagem de dinheiro.

Libertado sob fiança de cinco milhões de dólares, ele saiu do tribunal cerca de duas horas depois, removendo a sua máscara anti-Covid para sorrir amplamente para os jornalistas que esperavam por ele.

Trump vs. Bannon, o presidente e o ex-estratega
please wait

No media source currently available

0:00 0:01:15 0:00

Antes de entrar no seu carro disse aos jornalistas: “Todo esse fiasco visa parar as pessoas que querem construir o muro”.

De acordo com o jornal New York Times, ele foi preso na manhã de 20 de agosto num iate perto de Connecticut, pertencente a Guo Wengui, um rico empresário chinês exilado em Nova Iorque. Bom conhecedor da China, Steve Bannon organizou notavelmente uma conferência de imprensa com Guo em novembro de 2018.

O ex-chefe do site Breitbart News, próximo à extrema direita, agora corre o risco de longos anos de prisão. Cada acusação contra ele acarreta uma pena máxima de 20 anos de prisão.

c/ AFP

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG