Links de Acesso

Sindika Dokolo condenado a um ano de prisão na RDC

  • Coque Mukuta

Sindika Dokolo (dir.) e a esposa Isabel dos Santos (esq.)

Genro do Presidente de Angola acusa o Presidente da República Democrática do Congo de estar por trás da condenação

O empresário Sindika Dokolo foi condenado na República Democrática do Congo (RDC), seu país natal, a um ano de prisão por fraude imobiliária, num processo que diz ter sido politicamente motivado.

O marido do Isabel dos Santos e genro do Presidente da Repúblcia de Angola acusa o Presidente Joseph Kabila de estar por detrás da sentença.

Sindika Dokolo é coleccionador de arte e diz que a acusação não merece a menor credibilidade, apontando como exemplo o seu recente investimento de 400 milhões de dólares na Cimangola.

Dokolo confirmou a condenação através da sua conta no Twitter, no qual acusa Joseph Kabila de ser o responsável pela decisão judicial.

Osvaldo Mboco, docente universitário de Relações Internacionais, afirma que nos últimos tempos Dokolo tem criticado duramente a gestão do actual Presidente Joseph Kabila, e que terá sido esta a razão que moveu a condenação de Dokolo.

Ele lembra, no entanto, que Kabila tem grandes chances de ganhar as eleições caso concorra”

Entretanto, Mboco afirma que este processo não vai manchar as relações existentes entre Angola e RDC.

“Acredito que não porque estamos a falar de uma pessoa que também é de nacionalidade congolesa e pode ser julgada naquele território, cabe agora aos seus advogados provarem que foi julgado injustamente”, sublinhou aquele académico.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG