Links de Acesso

Serguei Lavrov manifesta interesse da Rússia em entrar no negócio do gás


Serguei Lavrov esteve em Luanda algumas horas

Chefe da diplomacia pediu ao Presidente João Lourenço para Angola aderir ao Fórum dos Países Exportadores de Gás

O Governo da Rússia convidou o Estado angolano a aderir ao Fórum dos Países Exportadores de Gás para dar corpo à sua intenção de desenvolver este sector da economia angolana.

Sergei Lavrov esteve em Luanda - 0:44
please wait

No media source currently available

0:00 0:00:44 0:00

O convite foi expresso nesta segunda-feira, 5, pelo ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, ao Presidente angolano durante uma visita de de algumas horas a Luanda.

No fim da audiência, com João Lourenço, o chefe da diplomacia russa revelou que o seu país pretende reforçar a cooperação económica nas áreas de recursos minerais, petróleo e gás e no domínio da energia atómica para fins pacíficos, entre outras.

Uma nota da Presidência da República indica que Lourenço a Lavrov o seu interesse em ver a Rússia a participar acivamente noutros setores da economia angolana, nomeadamente a exploração de gás, e não apenas na área diamantífera.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, que se deslocou hoje a Luanda, para debater o reforço da cooperação entre os dois países, foi recebido esta manhã pelo chefe de Estado angolano, depois das conversações com o seu homólogo angolano, Manuel Augusto.

Uma nota da Casa Civil do Presidente da República de Angola enviada à Lusa refere que durante o encontro foram tratadas diferentes questões ligadas ao aprofundamento das relações bilaterais.

Em resposta, o ministro dos Negócios Estrangeiros russo solicitou a Angola que adira ao Fundo dos Países Produtores de Gás, perspetivando já uma possível cooperação neste domínio.

Durante o encontro, foi igualmente abordado um pacote de acordos em fase de discussão pelas duas partes, com realce para o documento que validará as equivalências dos diplomas académicos.

Na conferência de imprensa, no final da sua visita a Luanda, Serguei Lavrov aproveitou para reafirmar que o satélite angolano Angosat continua em órbita, devendo, a partir de Abril, atingir o ponto de contacto.

As relações existentes entre Angola e a Federação da Rússia conheceram o seu ponto alto em 1976, altura em que os dois países assinaram o Tratado de Amizade e Cooperação.

A visita de Serguei Lavrov a Luanda enquadra-se num périplo que o levará a Namíbia, Zimbabué, Moçambique e Etiópia.

Em Addis Abeba, o chefe da diplomacia russa deve encontrar-se com o seu homólogo ameriano Rex Tillerson que inicia amanhã, 6, uma vsita a cinco países africanos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG