Links de Acesso

Secretário de Defesa proíbe bandeira dos chamados Estados Confederados em instalações militares


Mark Esper, secretário de Defesa dos Estados Unidos

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos decidiu proibir a bandeira dos chamados Estados Confederados nas suas instalações, de acordo com um memorando assinado na quinta-feira, 16, pelo secretário de Defesa.

Mark Esper descreveu na nota os tipos de bandeira que podem ser exibidas e a dos confederados não consta na lista.

"Precisamos sempre nos manter focados naquilo que nos une", afirmou o secretário de Defesa, que reitera que as bandeiras que o exército exibe precisam estar de acordo com os imperativos do exército, entre eles, rejeitar símbolos divisivos.

De acordo com um funcionário do Departamento de Defesa conhecedor do processo, a decisão de não citar uma bandeira proibida específica visou garantir que a decisão fosse apolítica e pudesse responder a possíveis processos legais com base na liberdade de expressão.

A bandeira dos Estados Confederados foi usada pelos Estados do sul do país na guerra da secessão, entre 1861 e 1865, que defendiam a manutenção da escravatura e que pretendiam separar-se dos Estados do norte.

Nova Iorque: Presidente camarário Bill DeBlasio iniciou reforma policial
please wait

No media source currently available

0:00 0:03:01 0:00

Nos últimos dois meses, as bandeiras dos confederados, os monumentos militares e os nomes de algumas bases militares estiveram no centro de várias polémicas depois da morte de George Floyd.

Manifestantes que protestaram contra o racismo reclamaram da bandeira em diversas cidades.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG