Links de Acesso

São Tomé e Príncipe: Desfavorecidos sem defesa oficiosa

  • Óscar Medeiros

Advogada Célia Pósser

A Bastonária da Ordem de Advogados copa o governo. d

Dezenas de cidadãos são-tomenses desfavorecidos deixaram de ter defesa oficiosa por falta de patrocínio.

A Ordem dos Advogados que garantia a prestação deste serviço aos cidadãos com fracos recursos financeiros decidiu suspender e acusa o governo de não assumir as suas responsabilidades.

A Bastonária da Ordem diz que faz vários anos que o governo deixou de apoiar financeiramente a instituição no sentido de garantir a defesa oficiosa dos cidadãos pobres, que enfrentam processos criminais nos tribunais.

Célia Pósser lamenta a decisão que poderá comprometer o normal funcionamento dos tribunais, mas diz que a Ordem não está em condições de assumir esses custos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG