Links de Acesso

São Tome e Príncipe: Mais de um terço da população tem problemas de surdez


Foto de arquivo

A médica portuguesa Cristina Carroça concluiu também que o problema tem tido graves consequências na educação e economia do país.

Trinta e cinco por cento da população São-tomense tem problemas de surdez, diz um estudo publicado esta quinta-feira, 2 de Novembro.

Após seis anos de investigação foi concluido que a malária é principal factor que causa a surdez em São Tomé e Príncipe, país com cerca de 179 mil habitantes.

A médica portuguesa Cristina Carroça concluiu também que o problema tem tido graves consequências na educação e economia do país.

Acompanhe a entrevista:

São Tome e Príncipe: Mais de um terço da população tem problemas de surdez
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:01 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG