Links de Acesso

Saúde de Kin Jong-un levanta suspeitas


Kim Jong Un, líder da Coreia do Norte

A cadeia televisa americana CNN revelou na noite de segunda-feira, 20, que o líder da Coreia do Norte encontra-se “em grave perigo”, citando fontes da Casa Branca, mas um alto funcionário do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Sul disse à VOA não ter notado qualquer atividade incomun de Kim Jong-un.

"Não temos nada que possa comprovar que [Kim Jong-un] esteja com problemas de saúde", acrescentou a mesma fonte da diplomacia de Seul, depois de um porta-voz da Presidência da Coreia do Sul ter afirmado que não tinha "nada a confirmar" em relação às notícias sobre a saúde Kim vindas a público depois de não ter comparecido à celebração do aniversário do avô dele, Kim Il-sung, fundador da Coreia do Norte, no dia 15 de abril.

Entretanto, o jornal sul-coreano Daily NK, que possui uma forte rede de contatos na Coreia do Norte, informou ontem que o líder de Pyongyang encontrava-se num resort e em “situação estável”, depois de uma cirurgia ao coração.

A publicação citou "fontes" anónimas que aventaram que a cirurgia teria sido feito devido a "vários fatores, como obesidade, uso abusivo de cigarro e ´excesso de trabalho´”.

Por seu lado, a agência de notícias Bloomberg também cita uma fonte da Administração americana, que terá adiantado que “a Casa Branca foi informada de que Kim foi submetido a uma cirurgia na semana passada e que a situação terá piorado".

Nem a Casa Branca nem as autoridades norte-coreanos comentaram o assunto.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG