Links de Acesso

COVID-19: Médicos dizem que só mais testes podem revelar situação em Angola


Mais testes são necessários para se saber a realidade das infeções do coronavírus em Angola, disseram médicos à VOA, em reação ao anúncio do Governo de testes em grande escala em vários mercados da capital para se tentar estabelecer o verdadeiro número de infecções.

Angola tem um total de 386 casos de infeção pelo novo coronavírus, dos quais 21 óbitos, mas muitos receiam que esses números não correspondam à realidade.

O médico e parlamentar pela UNITA Maurílio Luyelle diz que sempre se alertou o Executivo para que fizesse mais testes para se mitigar a doença em Angola, mas nunca deu ouvidos.

Luyelle acrescenta que “temos cerca de 90 por cento de casos que são assintomáticos e muitos devem estar nas comunidades e estes casos têm grande capacidade de transmissão da doença,”.

“Isto indica que lá no fundo há algo que não estamos a captar (porque), a falta de mais testes é obvio que falsea os números", acrescentou.

Na mesma linha de pensamento, Xavier Jaime afirmou que os números oficiais “não se aproximamda realidade dos factos”

“É necessário que se façam mais e mais testes, mas também já se sabe que o Governo diz não ter capacidade para resposta", acrescentou.

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, revelou na terça-feira, 7, que nos próximos dias serão realizados testes nos mercados do Kikolo, Mercado do 30, Asa Branca e no bairro do Mártires de Kifangondo, em Luanda, o epicentro da Covid-19 em Angola.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG