Links de Acesso

Rússia recusa cortar relações com a Coreia do Norte

  • Redacção VOA

Serguei Lavrov

Sergey Lavrov diz que sanções não funcionam e que a saída é o diálogo

O Governo russo rejeitou nesta quinta-feira, 30, o apelo dos Estados Unidos para cortar o comércio e os laços diplomáticos com a Coreia do Norte, após o último ataque com mísseis, pedindo conversações e acusou Washington de querer "provocar" Pyongyang.

"A nossa opinião é negativa: em várias ocasiões destacámos que a pressão das sanções se esgotou e que as resoluções que determinaram sanções implicavam necessariamente retomar um processo político e retomar as negociações", afirmou o ministro russo das Relações Exteriores, Sergey Lavrov.

Ontem, a embaixadora americana na Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, pediu a toda a comunidade internacional que rompa relações diplomáticas com Pyongyang, que paralise as importações e exportações e que expulse todos os funcionários norte-coreanos do seu território.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG